O projeto ético de Donna Haraway: alguns efeitos para a pesquisa em psicologia social

Ronald João Jacques Arendt, Marcia Oliveira Moraes

Resumo


Este artigo descreve o que os autores consideram ser 'projeto ético' de Donna Haraway. Como coexistir num mundo caracterizado por instâncias heterogêneas? Como conviver com objetos complexos, com tecnologias avançadas, com ciborgues, com espécies companheiras? Como construir um mundo comum onde estas condições possam ser respeitadas? A partir de autores como Vinciane Despret, Gilles Deleuze, Boaventura dos Santos e Bruno Latour, a potência do pensamento de Haraway é explorada em alguns de seus principais conceitos: sua abordagem do conhecimento como prática situada, seu resgate da visão para um projeto feminista,  a importância que concede, em sua escrita densa, à narrativa das histórias com os outros, sua postura sensível mas não inocente frente ao mundo. O artigo conclui estabelecendo aproximações entre Haraway, Deleuze e Latour e indicando as consequências do projeto ético de Haraway para a pesquisa em psicologia social.

Palavras chave: Ciência; Ética; Conhecimento Situado; Psicologia Social


Texto completo:

PDF




A Revista Pesquisas e Práticas Psicossociais é uma publicação eletrônica, mantida pelo Laboratório de Pesquisa e Intervenção Psicossocial e pelo Programa de Mestrado em Psicologia da Universidade Federal de São João del-Rei (LAPIP/PPGPSI/UFSJ). É um periódico aberto, registrado com o ISSN 1809-8908, de acesso livre na internet publicado quadrimestralmente, desde 2006. http://www.seer.ufsj.edu.br