Grupo terapêutico intergeracional com idosos demenciados: percepções de crianças e cuidadores

Maíra de Oliveira Valadares, Jussara da Silva Ribeiro, Heula Áurea Alves Amorim Miranda, Carmen Jansen de Cárdenas, Lucy Gomes Vianna

Resumo


Objetivou-se neste estudo evidenciar as percepções de crianças e cuidadores participantes de grupo terapêutico intergeracional sobre os idosos dementados membros do grupo e identificar suas considerações a respeito de participar deste grupo. Tratou-se de pesquisa qualitativa, exploratória e descritiva, utilizando-se de questionários distintos para as crianças e os cuidadores, tendo sido sua aplicação realizada em grupo num mesmo momento. Encontrou-se que, de modo geral, a experiência de participar de um grupo intergeracional com idosos dementados, tanto para os cuidadores quanto para as crianças, foi percebida como positiva. Identificou-se que os cuidadores e crianças participantes do grupo apresentaram atitudes positivas frente aos idosos demenciados, pois relataram estar felizes com esta convivência, seja no grupo ou em família.


Palavras-chave


Idosos. Crianças. Cuidadores. Grupo Terapêutico. Intergeracionalidade

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

A Revista Pesquisas e Práticas Psicossociais é uma publicação eletrônica, mantida pelo Laboratório de Pesquisa e Intervenção Psicossocial e pelo Programa de Mestrado em Psicologia da Universidade Federal de São João del-Rei (LAPIP/PPGPSI/UFSJ). É um periódico aberto, registrado com o ISSN 1809-8908, de acesso livre na internet publicado quadrimestralmente, desde 2006. http://www.seer.ufsj.edu.br