Práticas Psicossociais Em Psicologia: Um Convite Para O Trabalho Em Rede

Thaís Thomé Seni S. Oliveira, Regina Helena Lima Caldana

Resumo


O trabalho interdisciplinar, intersetorial e territorial são premissas do modelo de atenção psicossocial em saúde mental. Este trabalho tem como objetivo apresentar reflexões de psicólogos dos Centros de Atenção Psicossocial de uma cidade paranaense sobre alguns aspectos de suas práticas psicossociais. Foram realizadas entrevistas individuais semiestruturadas e encontros grupais, utilizando-se a técnica de Grupo Operativo de Pichón-Rivière. As entrevistas e os grupos foram gravados, transcritos na íntegra e analisados qualitativamente. Os resultados apontam aspectos da organização do processo de trabalho perpassados pelas políticas nacionais e locais que dificultam o trabalho em rede, como o excesso de demanda para as equipes de saúde mental. Conclui-se que, para a efetivação de práticas psicossociais, é imprescindível a criação de estratégias de educação permanente para os profissionais que contemplem de forma inventiva o tripé teoria-prática-autocuidado e possibilitem o trabalho em rede em seus diversos níveis. 


Palavras-chave


Saúde mental; Atenção psicossocial; Práticas psicossociais; Intervenção psicológica.

Texto completo:

RESUMO PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários




A Revista Pesquisas e Práticas Psicossociais é uma publicação eletrônica, mantida pelo Laboratório de Pesquisa e Intervenção Psicossocial e pelo Programa de Mestrado em Psicologia da Universidade Federal de São João del-Rei (LAPIP/PPGPSI/UFSJ). É um periódico aberto, registrado com o ISSN 1809-8908, de acesso livre na internet publicado quadrimestralmente, desde 2006. http://www.seer.ufsj.edu.br