A implementação do programa saúde na escola em três municípios de Minas Gerais, Brasil

Paula Luciana Gonçalves Pereira, Myriam Dantas Pereira, Rafaela das Graças Santiago Faria, Darilene Rocha Cordeiro, Fernanda Moura Lanza, Selma Maria Fonseca Viegas

Resumo


Objetivo: Compreender a adesão e implementação do Programa Saúde na Escola em três municípios de Minas Gerais, Brasil. Métodos: Estudo de casos múltiplos holístico-qualitativo fundamentado na Sociologia Compreensiva do Cotidiano, em municípios de regiões sanitárias distintas do estado de Minas Gerais, em 2016. Totalizaram-se 91 participantes, sendo 53 profissionais da educação e 38 da área da saúde. Resultados: apontam a relevância do Programa e do elo Saúde e Educação para a prevenção de riscos e agravos e a promoção da saúde; os desafios enfrentados se mostram na incipiente integração entre os setores, nas ações descontínuas e pontuais, na escassez de recursos humanos, e no desconhecimento do Programa Saúde na Escola ou de seus pressupostos por alguns profissionais. Conclusão: ao analisar a implementação do Programa Saúde na Escola e o cotidiano de trabalho expresso pelos profissionais da Saúde e da Educação, observou-se diferentes impasses e formas de implementação prática frente à sua gênese.

Palavras-chave


: Serviços de saúde escolar; Educação; Estratégia saúde da família; Educação em saúde; Sociologia; Atividades cotidianas

Texto completo:

PORT ENG


DOI: https://doi.org/10.19175/recom.v10i0.3566

ISSN: 2236-6091

DOI:10.19175