Submissões

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Diretrizes para Autores

DOCUMENTOS

Os artigos deverão ser submetidos à RECOM, no formato word, exclusivamente pelo sistema eletrônico de gerenciamento de publicação disponível no endereço: (http://www.ufsj.edu.br/recom), quando receberão um protocolo numérico de identificação. Deverão ser anexados ao sistema de submissão, em “Documentos Suplementares”, os seguintes arquivos:

1. Carta de encaminhamento solicitando a apreciação do manuscrito pela revista.(conforme modelo)

2.Termo de responsabilidade e acordo de transferência do copyright e declaração de responsabilidade e de transferência de direitos autorais, devendo ser assinados por todos os autores e anexados como documentos suplementares.(conforme modelo) 

3. Cópia da aprovação do comitê de ética em pesquisa (autores brasileiros) ou declaração informando que a pesquisa não envolveu seres humanos. Para outros países, os procedimentos no texto são os mesmos, porém devem atender as orientações do país de origem para o desenvolvimento de investigações com seres humanos (http://www.wma.net/e/policy/b3.htm).

5. Declaração sobre a contribuição individual de cada um dos autores no artigo e sobre a não existência de conflitos de interesse.

6. Comprovante de depósito da taxa de avaliação

APRESENTAÇÃO E CATEGORIAS DE ARTIGOS

A apresentação dos manuscritos deverá obedecer à regra de formatação definida nessas normas, diferenciando-se apenas pelo número permitido de páginas em cada uma das categorias. O número máximo de páginas inclui o artigo completo, com os títulos, resumos e descritores nos três idiomas, ilustrações e referências.

Categorias de artigos:

  • Editorial: matéria de responsabilidade do Conselho Editorial, que poderá convidar autoridades para escrevê-lo. Máximo de 3 páginas.
  • Artigos Originais: são trabalhos resultantes de pesquisa original, de natureza quantitativa, qualitativa, quanti-qualitativa ou mista, com no máximo 20 páginas. Estudos de natureza qualitativa deverão apresentar o referencial teórico metodológico adotado. A RECOM não recomenda submissão de artigos originais nos quais os dados tenham sido coletados há mais de cinco anos, a menos que o estudo traga caráter inovador para saúde e enfermagem e os autores apresentem argumentos consistentes para que o artigo passe pelo processo de avaliação.
  • Artigos de Revisão Sistematizada de Literatura: são contribuições que têm por objeto a análise crítica sistematizada da literatura. É necessário seguir padrões de rigor metodológico, clareza na apresentação dos resultados, de forma que o leitor consiga identificar as características reais dos estudos incluídos na revisão, com no máximo de 20 páginas. Serão avaliadas metanálises; metassínteses, revisões integrativas, revisão de escopo. O processo de busca dos estudos, os critérios de seleção destes e o procedimento utilizado para síntese dos resultados obtidos deverão ser criteriosamente descritos.
  • Artigos de Reflexão Teórica: texto reflexivo ou análise de temas, subsidiado por Referenciais Teóricos, que contribuam para o aprofundamento de conhecimento relacionado à área. Os procedimentos adotados e a delimitação do tema devem estar incluídos, com no máximo 20 páginas.
  • Relato de experiência/Atualidade/Inovação Tecnológica: Estudo que descreve uma situação da prática e ou inovação tecnológica (ensino, assistência, pesquisa ou gestão/gerenciamento), as estratégias de intervenção e a avaliação de sua eficácia, de interesse para a atuação profissional. O conteúdo deve ser inédito ou relevante, estar amparado em referencial teórico que dê subsídios a sua análise, com no máximo 13 páginas.

Quanto à redação: os artigos deverão ser redigidos de forma objetiva, evitando-se o uso de primeira pessoa e deverão cumprir às normas do Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, disponível no site da Academia Brasileira de Letras: http://www.academia.org.br/. Recomenda-se que o(s) autor(es) busque(m) assessoria linguística profissional (revisores e/ou tradutores certificados nos idiomas português, inglês e espanhol) antes de submeter(em) os manuscritos que possam conter incorreções e/ou inadequações morfológicas, sintáticas, idiomáticas ou de estilo.

RECOMENDAÇÃO DE QUALIFICAÇÃO DO ARTIGO A SER SUBMETIDO:

A RECOM recomenda que os autores adotem estratégias de qualificação do artigo que está sendo submetido. Tais estratégias constituem recursos para melhorar o potencial de publicação e citação. A seguir, apresentam-se alguns protocolos internacionais validados que recomendamos o uso em conformidade com o desenho de pesquisa desenvolvido:

  • Ensaios clínicos: CONSORT http://www.consort-statement.org/downloads e identificação de Registros de Ensaios Clínicos validados pelos critérios estabelecidos pela OMS e pelo ICMJE, cujos endereços estão disponíveis no site do ICMJE (www.icmje.org). O número de identificação deve constar no final do resumo.
  • Revisões sistemáticas e meta-análises: PRISMA http://www.prisma-statement.org/2.1.2%20-%20PRISMA%202009%20Checklist.pdf ; PRISMAScr http://www.prisma-statement.org/Extensions/ScopingReviews.
  • Estudos observacionais em epidemiologia: STROBE http://strobe-statement.org/fileadmin/Strobe/uploads/checklists/STROBE_checklist_v4_combined.pdf
  • Estudos qualitativos: COREQ (Consolidated criteria for reporting qualitative research) http://intqhc.oxfordjournals.org/content/19/6/349.long
  • Observação: protocolos de outros tipos de estudos são encontrados na rede EQUATOR http://www.equator-network.org/

AUTORIA:

Quanto à autoria deverão ser especificadas as contribuições individuais de cada autor em um documento independente do artigo, a ser anexado ao sistema de submissão como "documento suplementar". O conceito de autoria adotado pela RECOM está baseado na contribuição efetiva de cada um dos pesquisadores listados como autores, no que se refere à concepção e planejamento do projeto de pesquisa, obtenção ou análise e interpretação dos dados, redação e revisão crítica.  Não se justifica a inclusão de nomes de autores cuja contribuição não se enquadre nos critérios mencionados, podendo, nesse caso ser inserido como Agradecimento.

FORMATO E ESTRUTURA:

Título: deverá ser apresentado na sequência dos idiomas português, inglês e espanhol, em alinhamento centralizado, negrito, caixa alta, fonte Calibri 12, conciso, informativo em até 15 palavras.

Autores: a identificação de cada autor deve ser feita somente pelo sistema de submissão. Não serão aceitos artigos que apresentarem os nomes dos autores no arquivo referente ao artigo. É obrigatória as seguintes informações sobre todos os autores no sistema de submissão:es de todos os autores: nomes completos, formação universitária (Graduação), maior titulação (Mestrado ou Doutorado), instituição de origem e e-mail (preferencialmente institucional). Deve ser inserido no sistema o ORCID de todos os autores. Deverá ser especificado, via sistema, o nome do autor correspondente.

Resumos: deverão ser apresentados logo após os títulos, nos idiomas português, inglês e espanhol, fonte Calibri 9, espaçamento simples, justificados, com no máximo 150 palavras. Redigidos em único parágrafo e estruturados em Objetivos, Método, Resultados e Conclusão (Ex: Objetivos:... Método:...). Deverão anteceder os resumos, as palavras resumo, abstract e resumen na mesma fonte e espaçamento. Não serão aceitas siglas, citações de autores, local do estudo e ano da coleta de dados. Descritores: ao final do resumo deverão ser apontados de 3 a 5 descritores que servirão para indexação dos trabalhos. Deverão ser apresentados na sequência descritores, descriptors e descriptores, abaixo do resumo correspondente, com a primeira letra em maiúsculo e separados por ponto e vírgula. Para tanto os autores deverão utilizar os “Descritores em Ciências da Saúde” da Biblioteca Virtual em Saúde (http://decs.bvs.br/).

Formatação do manuscrito: o artigo deverá ser apresentado logo após os resumos e descritores, em formato editor Microsoft Word; com extensão .doc; Papel tamanho ofício; margens 2,0cm, Fonte Calibri 11; parágrafos alinhados em 1cm, justificado, espaço 1,5 linha em todo o texto; cabeçalho em 1,4cm; rodapé em 1,25cm; sem paginação e quebras de página ou seção em toda extensão do arquivo. Estrutura dos artigos: os artigos deverão apresentar, necessariamente, os itens: Introdução, Métodos, Resultados, Discussão (resultados e discussões podem ser apresentados juntos ou separados), Conclusão ou Considerações Finais que deverá responder ao objetivo proposto, conter as contribuições do estudo para a área e as limitações do estudo. Os títulos das citadas seções deverão ser apresentados em fonte Calibri 12, negrito, caixa alta, alinhados à esquerda. Os objetivos deverão ser apresentados na seção Introdução.

Citações: para citações “ipsis literis” de referências deve-se usar aspas na sequência do texto, indicando-se a página consultada. As citações de falas/depoimentos dos sujeitos da pesquisa deverão ser apresentadas em fonte Calibri 11, entre aspas e na sequência do texto. As citações deverão ser mencionadas em números arábicos, entre parênteses e sobrescritos, sem a menção dos autores. Quando se tratar de citação sequencial, separe os números por traços (ex.: 2-3); quando intercalados use vírgula (ex.: 2, 4, 6). Observar se os pontos finais foram inseridos após a citação numérica.

REFERÊNCIAS:

Deverão ser numeradas consecutivamente na ordem em que forem mencionadas pela primeira vez no texto. Não serão aceitos artigos que tenham utilizado ferramentas automáticas do word para a numeração das referências. Deverão ser apresentadas no máximo 25 referências, sendo destas 75% referências de artigos publicados em periódicos nos últimos 5 anos. A exatidão das referências é de responsabilidade dos autores. As regras de referência da RECOM têm como base as normas adotadas pelo Comitê Internacional de Editores de Revistas Médicas (estilo Vancouver), publicadas no ICMJE - Uniform Requirements for Manuscripts Submitted to Biomedical Journals (http://www.icmje.org/index.html). Também poderá ser consultado o site <http://www.bu.ufsc.br/bsccsm/vancouver.html>, o qual disponibiliza exemplos de referências em idioma português. Citar o DOI (Digital Object Identifier System) e na ausência deste, “Disponível em:” em seguida inserir link e hiperlink em todas as referências do artigo. 

Abreviação dos títulos dos periódicos: Os títulos dos periódicos deverão ser abreviados, de acordo com o Index Medicus: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/sites/entrez?db=journals. Para a abreviação de títulos de periódicos brasileiros ou latino americanos deve ser consultado o site: http://portal.revistas.bvs.br. Conferir todos os títulos no site.

ILUSTRAÇÕES: Tabelas, quadros, gráficos, fluxogramas, fotos: serão permitidas no máximo 6 ilustrações que deverão estar inseridas no corpo do texto logo após terem sido mencionadas pela primeira vez. As fontes internas das ilustrações deverão ser do tipo Calibri 9 com espaçamento simples. As ilustrações deverão ser apresentadas centralizadas e sem recuo, não ultrapassando o tamanho de uma folha. Caso ultrapasse, iniciar tabela nova e inserir link: “continua na página seguinte”.

Tabelas:

  • Traços internos somente abaixo e acima do cabeçalho e na parte inferior da tabela. • O cabeçalho deve estar em negrito e sem células vazias. • Os títulos devem ser inseridos acima das tabelas e devem conter informações mínimas pertinentes com o local e ano a que se referem os dados.
  • A fonte original deve ser mencionada logo abaixo das ilustrações. • Notas de rodapé da tabela devem ser restritas ao mínimo necessário, indicadas pelos símbolos sequenciais *,†,‡,§,||,¶,**,††,‡‡, apresentando-os tanto no interior da tabela quanto na nota de rodapé da mesma, e não somente em um dos dois lugares.
  • Não são permitidas quebras de linhas utilizando a tecla “Enter”, recuos utilizando a tecla Tab, espaços para separar os dados; caixa alta; sublinhado; marcadores do MS Word; cores nas células.
  • Tabelas com apenas uma ou duas linhas devem ser convertidas em texto.

Figuras:

  • Todas as ilustrações que não forem do tipo tabela deverão ser denominadas figuras: quadros, gráficos, desenhos, esquemas, fluxogramas e fotos.
  • Título: Localizado acima da figura.
  • Fonte: Localizada abaixo da figura.
  • Resolução: em alta resolução (mínimo de 300pi/máximo 400dpi) e salvo em extensão JPG. Quadros.
  • Contém dados textuais e não numéricos, são fechados nas laterais e contém linhas internas.
  • Quando construídos com a ferramenta de tabelas do MS Word poderão ter o tamanho máximo de uma página.

Gráficos:

  • Plenamente legíveis e nítidos.
  • Tamanho máximo de 16x10cm.
  • Se necessário utilizar cores optar por tons claros.
  • Vários gráficos em uma única figura só serão aceitos se a apresentação conjunta for indispensável a sua interpretação.

Desenhos, esquemas, fluxogramas:

  • Salvos como 1 (uma) imagem em extensão jpg.
  • Construídos com ferramentas adequadas, de preferência com a intervenção de um profissional de artes gráficas.
  • Lógicos e de fácil compreensão.
  • Plenamente legíveis e nítidos.
  • Tamanho máximo de 16x10cm.
  • Inserir desenhos que iniciem e terminem na mesma página. Para isso editar o texto para não perder o sentido e o link com o desenho.

Fotos

  • Plenamente legíveis e nítidas.
  • Salvas como 1 (uma) imagem em extensão jpg.
  • Tamanho máximo de 16x10cm.
  • Fotos contendo pessoas devem ser tratadas para que as mesmas não sejam identificadas.
  • As figuras deverão ser enviadas em cor preto e branco ou variações de cinza.

ASPECTOS ÉTICOS:

Para as pesquisas provenientes do Brasil, que envolvem seres humanos devem, obrigatoriamente, explicitar no corpo do trabalho o atendimento das normas dispostas na Resolução CNS 466/2012 e/ou Resolução CNS 510/2016, indicando o número de aprovação emitido por Comitê de Ética em Pesquisa (CEP) devidamente reconhecido pela Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (CONEP) do Conselho Nacional de Saúde (CNS). Para outros países, os procedimentos no texto são os mesmos, porém devem atender as orientações do país de origem para o desenvolvimento de investigações com seres humanos (http://www.wma.net/e/policy/b3.htm).

TAXAS

Os valores pagos pelos autores no processo de submissão e após a aprovação do artigo são destinados exclusivamente para publicar e manter o artigo disponível e de acesso gratuito aos leitores. Todos os valores são destinados ao processo de revisão e manutenção do artigo no sistema. Em caso de aprovação dos artigos os autores receberão orientações para sua tradução para o inglês e os custos envolvendo esta etapa são de responsabilidade dos autores.

TAXA DE AVALIAÇÃO:

  • Valor: R$100,00 (cem reais).
  • Para o pagamento o autor deverá

1. Encaminhar email com assunto: "RECOM - taxa de avaliação" para: fabianabonela@fundep.com.br

2. No e-mail, deverão constar os seguintes dados para faturamento:

RAZÃO SOCIAL

 

* ENDEREÇO

 

* CIDADE

 

* ESTADO

 

PAIS

 

CEP

 

TELEFONE

 

* CNPJ/CPF

 

E-MAIL

 

TELEFONE

 

VALOR

 100,00

DESCRIÇÃO NA FATURA

3. Após o pagamento, o comprovante deverá ser anexado ao sistema de submissão e a secretaria da RECOM (recom@ufsj.edu.br) informada por e-mail pelos autores.

ATENÇÃO: A revista não se responsabiliza por pagamentos feitos de forma diversa à indicada nesse comunicado.

TAXA DE PUBLICAÇÃO

A taxa e publicação no valor de R$450,00 (quatrocentos e cinquenta reais) será cobrada após aprovação do artigo. As orientações para pagamento desta taxa os autores receberão por e-mail.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados neste periódico serão usados exclusivamente para fins de divulgação do mesmo no home page, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.