Representações sociais de gestantes que frequentam serviço especializado em gestações de alto risco

Sayonara Natália Ferreira, Marina Pereira Lemos, Walquíria Jesusmara Santos

Resumo


Objetivo: compreender as representações sociais e experiências das gestantes que frequentam serviços especializados em gestação de alto risco. Método: estudo qualitativo, realizado com mulheres em assistência pré-natal de um serviço público especializado em Gestação de Cuidados Especiais de um município mineiro de médio porte. A coleta de dados ocorreu, por meio de entrevista semiestruturada na qual se utilizou as noções da Teoria das Representações Sociais e os dados organizados, por meio da Análise Estrutural de Narração, para realizar a interpretação das respostas. Resultado: as representações encontradas estão em torno das ideias relacionadas ao risco presente nas gestações e à experiência vivenciada nos atendimentos realizados nos serviços de referência, emergindo da análise três categorias temáticas: representações relacionadas ao modelo biomédico, representações relacionadas ao medo e representações relacionadas à morte. Conclusão: como consequência desse estudo, foi possível evidenciar que as representações das gestantes de alto risco giraram em torno de sentimentos de medo relacionado à gestação e da morte em decorrência dos agravos da condição de risco, além da valorização do modelo biomédico e do profissional de medicina em detrimento do trabalho em equipe multiprofissional e da promoção da saúde.

Palavras-chave


Cuidado Pré-natal; Enfermagem; Gestação de Alto Risco.

Texto completo:

PORT ENG


DOI: https://doi.org/10.19175/recom.v10i0.3625

ISSN: 2236-6091

DOI:10.19175