A vivência da sexualidade de idosos em um centro de convivência

Antonio Dean Barbosa Marques, Rutinéa Pereira da Silva, Silvia dos Santos Sousa, Rosane da Silva Santana, Samira Rêgo Martins de Deus, Rosendo Freitas de Amorim

Resumo


A sexualidade tem sido muito discutida, todavia a prática sexual entre homens e mulheres no processo de envelhecimento pouco é referenciada e, às vezes, até ignorada pela classe social. Discutir o tema sexualidade na velhice constitui um grande desafio por trazer à tona questões reais relacionadas à prática sexual do idoso. O objetivo é conhecer como o idoso desse Centro de Convivência vive sua sexualidade e discutir a sua percepção quanto à prática sexual e compreender como ele vivencia esse momento. Trata-se de um estudo com abordagem qualitativa do tipo descritiva exploratório. Os dados foram coletados mediante entrevistas semiestruturada, com dez idosos. Emergiram quatro categorias analíticas: Conceito de sexualidade; desejo sexual vivenciado nessa fase; a prática sexual à medida que envelhecem e percepção de sua sexualidade. Os resultados apontaram que a sexualidade permanece de fato em suas vidas, mesmo com todas as dificuldades por eles enfrentadas, e que a sexualidade não se resume à prática sexual, mas ao afeto, a carícia, a atenção e ao companheirismo.

Palavras-chave


Envelhecimento; Sexualidade; Saúde do idoso

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19175/recom.v5i3.913

ISSN: 2236-6091

DOI:10.19175